Home História Associado Notícias Associe-se Documentos Links TV Web Contato

 

 

   

 

Notícias

 

Fiscalização eletrônica reduz acidentes e vítimas nas rodovias

 

13/08/2012

 

Para o Dnit, a redução do número de acidentes na comparação dos dois períodos é o primeiro indicativo dos benefícios que o Plano Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade (PNCV) pode trazer aos cidadãos brasileiros.

 

 

Fiscalização eletrônica reduz acidentes e vítimas nas rodovias. É o que mostram as estatísticas de acidentes nas rodovias federais. Há uma mudança positiva em andamento, principalmente com relação ao número de mortes que não paravam de crescer todos os anos.

 

De janeiro a abril de 2012, houve 2.405 acidentes a menos que no mesmo período de 2011. A redução do número de registros com vítimas fatais chegou a 4,9 % em todo o Brasil, conforme os dados fornecidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Entre janeiro e abril do ano passado foram registrados 63.379 acidentes nas rodovias federais brasileiras. Desse total, 2.234 acidentes tiveram vítimas fatais. Em outros 21.396 foram registradas vítimas com ferimentos. No mesmo período de 2012, as estatísticas da PRF mostram que aconteceram 60.974 acidentes. Foram 2.123 com mortes e 20.773 com feridos.

Para a Coordenação Geral de Operações Rodoviárias do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a redução do número de acidentes na comparação dos dois períodos é o primeiro indicativo dos benefícios que o Plano Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade (PNCV) pode trazer aos cidadãos brasileiros.

Nos quatro primeiros meses de 2011, o PNCV tinha apenas 39 equipamentos em operação. No mesmo período de 2012, 630 aparelhos já estavam inibindo o excesso de velocidade em todo o Brasil.

A redução foi maior justamente nos dois estados da federação que tiveram mais fiscalizadores eletrônicos funcionando no período analisado. Com 38 equipamentos instalados nos chamados pontos críticos da malha rodoviária federal, Goiás teve uma redução de 26% no total de acidentes com mortes, 14,7% nos registros com feridos, 7,5% nos acidentes sem vítimas e 11,6% no total geral.

Em Minas Gerais, estado com maior extensão de rodovias federais, 162 equipamentos estavam em operação. Com isto, segundo os dados da PRF, a redução no número de acidentes com mortes foi de 15%, no período comparado dos dois anos. A redução nas ocorrências com feridos foi de 6,7%, o de registros sem vítimas caiu 6,8% e no total de acidentes a queda foi de 7%. Confira os números.

 

O PNCV tem atualmente 756 equipamentos funcionando e a previsão é de fechar o ano com 1.650. O prazo para que todos os 2.696 fiscalizadores eletrônicos estejam operando é o final de 2013. Incluído no PAC, o plano de fiscalização eletrônica do Dnit prevê investimento de R$ 773,4 milhões para os cinco anos de operação.

Segundo Romeu Scheibe, Coordenador-Geral de Operações Rodoviárias do Dnit, “à medida que os equipamentos vão sendo instalados poderemos verificar mais redução nos registros de acidentes. Até aqui, o principal objetivo do PNCV está sendo alcançado, que é aumentar a segurança nas rodovias.”

Para ele, a autarquia tem investido cada vez mais para isso. “Outro programa importante é o BR Legal, voltado para a melhoria da sinalização e dispositivos de segurança nas rodovias federais, que vamos licitar nos próximos meses”, conclui.

 

Dnit Cidadão 

Sobre a fiscalização eletrônica, o coordenador informa que no período atual, os usuários que receberem notificações de autuação e quiserem recorrer deverão fazê-lo por meio de carta para os endereços indicados na notificação. A partir de setembro, todo o processo poderá ser feito via internet, por meio do link “Dnit Cidadão”, no site da autarquia.

O link interativo será disponibilizado para que os usuários possam acompanhar o andamento dos processos. Pelo “Dnit Cidadão”, o usuário poderá fazer consulta de infrações; emitir certidão de nada consta e de 2ª via de boleto para pagamento; interpor defesa de autuação e recurso de penalidade; obter informação sobre o ciclo de vida das infrações, além de comunicar-se com a Autoridade de Trânsito.

Para conhecer o passo a passo das multas por excesso de velocidade, clique aqui.

 

Fonte: Dnit

 

 

 

 

 
 

Sindimercosul

Uruguaiana - Rio Grande do Sul

                            Fone: (55) 3413-1859

   

 

Copyright © 2011/2013 Sindimercosul :: By Agência Portal da Fronteira

Todos os direitos reservados.